Arquivo do blog

quarta-feira, 30 de março de 2011

Gentílicos de Estados brasileiros

Estado
Sigla
            Adjetivo pátrio (Quando houver   mais de uma forma prefira a primeira)


Rio Grande do Sul
(RS)
gaúcho, rio-grandense-do-sul
Santa Catarina
(SC)
catarinense, barriga-verde (não é pejorativo)
Paraná
(PR)

paranaense, paranista (usado no Sul) e tingui


São Paulo
(SP)
paulista, bandeirante
Rio de Janeiro
(RJ)
fluminense
Minas Gerais
(MG)
mineiro, montanhês, geralista
Espírito Santo
(ES)
capixaba, espírito-santense


Mato Grosso do Sul
(MS)
mato-grossense-do-sul, sul-mato-grossense
Mato Grosso
(MT)
mato-grossense
Goiás
(GO)
goiano


Bahia
(BA)
baiano, baiense
Sergipe
(SE)
sergipano, sergipense
Alagoas
(AL)
alagoano, alagoense

Pernambuco
(PE)
pernambucano
Paraíba
(PB)
paraibano
Rio Grande do Norte
(RN)
potiguar, rio-grandense-do-norte, norte-rio-grandense, petiguar, pitaguar, pitiguar, pitiguara, potiguara

Ceará
(CE)
cearense
Piauí
(PI)
piauiense, piauizeiro (pejorativo)
Maranhão
(MA)
maranhense, maranhão


Rondônia
(RO)
rondoniense, rondoniano
Acre
(AC)
acreano, acriano
Amazonas
(AM)
amazonense, baré
Roraima
(RR)
roraimense
Pará
(PA)
paraense, paroara, parauara (usado na Amazônia)
Amapá
(AP)
amapaense
Tocantins
(TO)
tocantinense

Abaixo a lista com o nome das cidades e de onde são capitais [observe-se que os adje(c)tivos não são usados com inicial maiúscula a não ser quando iniciam a frase]:

Aracaju (Sergipe): aracajuano – também se usa aracajuense, mas a primeira forma é preferível. 
Belém (Pará): belenensebelemita é o natural de Belém na Cisjordânia. 
Belo Horizonte (Minas Gerais): belo-horizontino
Boa Vista (Roraima): boa-vistense
Brasília (Distrito Federal): brasiliense
Campo Grande (Mato Grosso do Sul): campo-grandense
Cuiabá (Mato Grosso): cuiabano – de forma jocosa, os cuiabanos são muitas vezes referidos como “papa-peixes”. 
Curitiba (Paraná): curitibano
Florianópolis (Santa Catarina): florianopolitano
Fortaleza (Ceará): fortalezense
Goiânia (Goiás): goianiense (o natural do estado é um goiano). 
João Pessoa (Paraíba): pessoense
Macapá (Amapá): macapaense
Maceió (Alagoas): maceioense
Manaus (Amazonas): manauense
Natal (Rio Grande do Norte): natalense – de forma jocosa, os natalenses são referidos como “papa-jerimuns”.
Palmas (Tocantins): palmense
Porto Alegre (Rio Grande do Sul): porto-alegrense
Porto Velho (Rondônia): porto-velhense
Recife (Pernambuco): recifense
Rio Branco (capital do Acre): rio-branquense
Rio de Janeiro (Rio de Janeiro): carioca – não confundir com fluminense, natural do estado do Rio de Janeiro.
Salvador (Bahia): soteropolitano ou salvadorense – muitos portugueses costumam chamar a cidade de São Salvador, mas o nome é apenas Salvador. 
São Luís (Maranhão): são-luisense ou ludovicense (forma pouco usada). 
São Paulo (São Paulo): paulistano – não confundir com paulista, que é o natural do estado de São Paulo. 
Teresina (Piauí): teresinense
Vitória (Espírito Santo): vitoriense ou capixaba.
Nova Olinda (CE): Novo-olindense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião