Arquivo do blog

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Polícia prende casal acusado do assassinato do irmão do prefeito


Rudney Moreira Menezes de Lima, 26 anos e Clenia Maria Miranda Magalhaes, 31 anos, estão presos acusados de envolvimento com a morte de José Ariosvaldo Sampaio, 32 anos, assassinado com requintes de crueldade na noite do último sábado, dia 07.

A prisão aconteceu no início desta manhã, em uma localidade próxima a cidade de Recife, capital do estado de Pernambuco. Os dois foram presos pela  equipe da 2ª seção do serviço reservado da 5ª CIA do 2º BPM de Crato. Ainda não foi divulgado as circunstancias da prisão.

Nossa reportagem conversou com o delegado regional, Flávio Santos, e apurou que o casal será trazido inicialmente a presença do delegado regional. O delegado ja solicitou a justiça a autorização para mandar os dois para a PIRC - Penitenciária Regional Industrial do Cariri.
 
O casal estava desaparecido desde a noite da última segunda-feira, dia 09, quando confessaram o crime a familiares.

De acordo com a polícia foi a mãe do acusado quem relatou em depoimento, que o seu  filho Rudney,  havia confessado que teria  assassinado o comerciante com a participação da esposa dele, em virtude da mulher ter marcado um encontro com a vítima, no local do crime, haja vista que a Clenia já tinha um relacionamento amoroso com o Ari. Se aproveitando dessa situação ela conseguiu atrair o Ari para o que seria mais um encontro casual, mas na verdade seria parte de um plano macabro que culminou com a morte do comerciante.

Ainda de acordo com a polícia, foi apurado em relatos das testemunhas do crime que ela teria entrado em contato com a vítima, por meio de uma ligação telefônica, dizendo que queria o encontrá-lo  pela última vez, de maneira proposital, ocasião em que seu esposo já estava aguardando no local marcado, com intuito cometer o  assassinato.

Histórico

Na segunda-feira, dia09, após o enterro da vítima os dois confessaram os crimes a familiares e depois empreenderam fuga.

Na terça-feira, dia 10, o delegado regional, Flávio Santos, solicitou a justiça a prisão preventiva do casal. 

Na quarta-feira, dia 11, o juiz da comarca de Nova Olinda, Rômulo Veras Holanda, atendeu ao pedido do ministério público assinado pelo promotor Naelson Barros Marques Junior e decretou a prisão preventiva do casal. No mesmo dia ouve buscas do casal na cidade de Parnamirim, em Pernambuco.

Na quinta-feira, dia 12, a polícia civil divulgou as imagens dos fugitivos.

Na sexta-feira, dia 13, a polícia civil prendeu os dois acusados nas proximidades de Recife, Pernambuco.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião