Arquivo do blog

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Nova Olinda - Dois homens morrem e ficam presos às ferragens de um caminhão


Dois homens morreram após o tombamento de um caminhão no km 38 da Rodovia CE 292, em sítio Caldeirão, zona rural de Nova Olinda. O acidente aconteceu por  volta do meio-dia desta quarta-feira, dia 26, quando o motorista teria perdido o controle em uma curva.

O caminhão trafegava no sentido Crato à Nova Olinda e provavelmente sofreu uma pane mecânica. Ele transportava uma carga de pias fabricadas a base de alumínio e mármore. No local, existe um outro caminhão parado no acostamento devido a problemas mecânicos, mas de acordo com a polícia não tem nada a ver com o acidente.

Segundo o Corpo de Bombeiros, duas pessoas morreram no local e foram amassadas pelas ferragens do veículo, um Mercedes Benz do modelo 1620, Placas DJC 3876, com inscrição do estado de São Paulo. Uma das vítimas foi identificada por Marcos Silva de Oliveira, 29 anos de idade (foto), e que segundo a polícia militar, possivelmente, era o condutor do caminhão. A outra vítima também teve morte imediata e não foi identificada porque a polícia não encontrou documentos com ela. O corpo ficou preso às ferragens do lado do banco do carona.

Duas testemunhas ouvidas pela polícia revelaram que o caminhão já apareceu na curva desgovernado e que mesmo assim conseguiu ultrapassar um fiat uno, mas depois da curva se jogou para fora da pista caindo dentro de uma vala. Com o impacto toda a carga se juntou promovendo o amassamento da carroceria e da cabine onde viajavam as vítimas.

A polícia militar de Nova Olinda foi acionada por populares e esteve no local através da composição do SD Pinheiro, dos Cabos Cristino e Marivaldo, sob o comando do Sargento Edson. O Sargento disse que ao chegar no local o trabalho da PM foi de isolar a área para proteger os corpos das vítimas e de informar sobre a ocorrência as autoridades competentes, uma vez que já não havia como prestar socorro às vítimas. Compareceu ao local uma viatura da Polícia Rodoviária Estadual – PRE que organizou o trânsito na via, também, uma viatura do Corpo de Bombeiros CB que efetuaram a retirada dos corpos que ficaram presos nas ferragens e o rabecão do Instituto de Medicina legal do Cariri, além, de peritos da polícia civil que vão analisar as circunstancias do acidente.

Quanto a origem das vítimas a polícia suspeita de que sejam do estado da Bahia, pelo que indica a carteira de habilitação de uma delas. 

Depois de muito trabalho os corpos foram retirados dos escombros e em seguida levados para a necrópsia no Instituto de Perícia Forense de Juazeiro do Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião