Arquivo do blog

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Arrombamento de agência bancária em Nova Olinda

Arrombamento da agência do Banco do Brasil em Nova Olinda


Nova Olinda - No inicio da madrugafa desta quarta feira dia 12, um bando formado pir cerca de 15 homens  fortemente armados fizeram pelo menos 8 pessoas de reféns; impediram a saída dos policiais do Destacamento Militar mediante tiros e ameaças; fizeram disparos de armas de fogo [possivelmente para o alto] para causar temor; explodiram as portas e os caixas eletrônicos; fugiram com reféns; aparentemente não roubaram nada.

A ação durou poucos minutos mas aterrorizou os moradores do centro da cidade devido ao grande número de disparos de armas de fogo. Os primeiros tiros foram disparados contra o prédio da Polícia Militar por volta de 1 e meia da madrugada desta quarta-feira.


Fotos de cápsulas de balas encontradas por populares divulgadas em redes sociais mostram o grosso calibre das armas usadas pelos bandidos.

Mesmo aterrorizados os moradores se dirigiram para a frente da agência bancária para ver de perto os estragos deixados pela quadrilha. Segundo populares eram cerca de 15 homens divididos em motocicletas e numa camioneta do modelo S10. Na fuga, de acordo com o Sargento PM Landim, encarregado da unidade policial de Nova Olinda, o bando levou os reféns e depois os abandonaram.

O destacamento de operações da PM em Nova Olinda recebeu reforço do 2° Batalhão da Polícia Militar sediado em Juazeiro do Norte através do Batalhão de Divisas que passou a diligenciar no sentido de identificar e prender os criminosos. Até agora sem êxito.

No início desta manhã muita gente acordou com o impacto da notícia e foi até o local para ver de perto a situação da agência bancária que ficou parcialmente destruída.


O sargento Landim destacou que apesar da ação violenta ninguém ficou ferido e que aguarda o resultado da perícia para confirmar o que aparentemente se percebe que nada foi levado pelos assaltantes.

Fotos: Ranilson Silva e de redes sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião