Arquivo do blog

sábado, 26 de agosto de 2017

[Hospital Ana Alencar] equipe médica diz que morte do motorista foi provocada por Traumatismo Craniano

A equipe médica de plantão no hospital Ana Alencar Alves em Nova Olinda foi quem fez o atendimento pré-hospitalar à vítima do acidente de trânsito ocorrido no final desta manhã, próximo ao bairro Terreiro Duro, nesta cidade. Apesar de ter comparecido ao local, a equipe do samu de Crato não prestou socorro a vitima que acabou falecendo no local. 

Por volta das 11 horas da manhã deste sábado, dia 26, a unidade hospitalar local foi comunicada pela polícia da existência de uma vítima com trauma decorrente de acidente de trânsito presa as ferragens de um veículo às margens da rodovia CE 292 vizinho a cidade. De imediato foi deslocada para o local uma equipe multidisciplinar de profissionais composta por médica, enfermeira e técnicas de enfermagem para prestar o socorro à vitima. A enfermeira plantonista, Raquel Vieira, contou a nossa reportagem que ao chegar no local, a equipe médica coordenada pela doutora, Zildene Moreira, constaram que "era grave o estado geral do paciente" apresentando várias escoriações e lesões pelo corpo e membros, bem como, sangramento e traumatismos. 

A doutora Raquel Vieira acrescentou que foi feito tudo o que estava ao alcance da equipe médica para evitar a morte do paciente mas devido a gravidade das lesões o mesmo não sobreviveu. Com o apoio das técnicas de enfermagem Silvany e Aparecida e de uma equipe de apoio "foram realizados o acesso venoso, oxigenoterapia e a reanimação cardio pulmonar" mas o óbito foi constado às 11(horas) e 15 (minutos).

A causa da morte apontada pela equipe médica para o motorista foi o TCE - Traumatismo Craniano Encefálico.  


Sem identificação


Não foi possível realizar a identificação do paciente, pois, como é estabelecido pelas regras após a constatação da existência de vítimas fatais a cena do acidente deve ser preservada até a chegada da perícia forense. E como os documentos da vítima possivelmente se encontravam dentro do veículo somente os peritos poderiam ter acesso aos mesmos.

Até o momento a polícia não divulgou os dados de identificação da vítima e nem do veículo, bem como, sobre as circunstancias do acidente.  


Foto: redes sociais      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião