Arquivo do blog

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

[Polícia] "Chico Nova Olinda" é preso acusado de assassinato em Juazeiro do Norte


Nesta sexta-feira, dia 25, Inspetores do NHPP/20ª DRPC, prenderam nesta cidade de Juazeiro do Norte, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da Primeira Vara Criminal de Juazeiro do Norte Francisco Lira de Souza, vulgo “ Chico Nova Olinda”, de 59 anos, por prática de crime de homicídio a faca que vitimouFrancisco Diassis dos Santos Morais, que era apelidado por “Neném”, de 21 anos. O crime aconteceu no dia 17 de março de 2017, por volta das 22h00, aproximadamente, na rua Coronel Fausto Guimarães, no local denominado “Labirinto”, onde funcionava o antigo prédio do Posto de Saúde da Prefeitura, Municipal de Juazeiro do Norte Dr. Mauro Malzoni, bairro do Pirajá, local comumente utilizado para consumo de drogas, realização de necessidades fisiológicas e práticas de atos sexuais.


ENTENDA O CASO


Na data do crime, a vítima encontrava-se no “Labirinto”, quando em dado momento dali saiu, em desabalada carreira, lesionada com golpe de faca, vindo a cair já na Avenida Ailton Gomes, defronte ao numeral 1378, naquele mesmo bairro, aonde veio a óbito. De acordo a polícia, o homicídio estava envolto em mistério, haja vista o local e horário onde fora registrado.


Ao tomar conhecimento do caso, o Delegado Giovani Aquino determinou a equipe de Inspetores do NHPP a realização das necessárias investigações e segundo o que fora arregimentado, em mais esse brilhante trabalho investigativo, materializado nos autos do Inquérito Policial 488-392/2017, na noite do crime a vítima, que segundo apurado seria usuária de drogas, teria adentrado o chamado labirinto, e passado algum tempo Chico Nova Olinda também ali teria se achegado, a pretexto de ir à procura de uma pessoa, vindo então a lesionar Neném. Segundo ainda apurado o móvel do crime teria se dado em razão da vítima haver lhe segurado pela camisa, tendo Chico Nova Olinda, que estava armado com uma faca, desferido golpe com tal arma branca.


Identificado e ao ser interrogado sobre o caso, antes da decretação da sua prisão, Chico Nova Olinda negou a prática delituosa, e muito embora não negando que de fato tenha estado no labirinto alegou que o assassinato havia sido praticado por Francisco Carneiro do Nascimento, vulgo “Mancha Negra”, que identificado e ouvido negou a prática delitiva, inclusive, disse que no momento do crime dormia no Mercado do Pirajá. Todos os álibis dos suspeitos foram checados, sendo confirmado que realmente “Mancha Negra”, não teria envolvimento com o assassinato, colocando por “terra” a versão de Chico Nova Olinda, posto que testemunhas arroladas confirmaram ter sido ele (Chico Nova Olinda) o autor da morte de Neném, inclusive, no curso das investigações Chico Nova Olinda passou a intimidar testemunhas e o próprio Mancha Negra, fazendo ameaças, chegando a agredir o dito, denotando-se que queria que este assumisse o crime, fatos que ficaram demonstrados nos autos (ação intimidatória praticada por Chico Nova Olinda).


Diante desses indícios e em sendo Chico Nova Olinda reincidente em crime de homicídio doloso, estando presentes os requisitos autorizadores da decretação da prisão preventiva, o Delegado Giovani Aquino, de conformidade com a legislação processual penal vigente, representou pela prisão preventiva do indiciado, o que após a análise do Representante do Ministério Público, que deu parecer favorável à medida exceção, o Juiz competente decretou a prisão preventiva de Chico Nova Olinda.


Ao ser preso, Chico Nova Olinda continuou a negar a autoria delitiva, entretanto, dúvidas não há acerca da autoria, que a ele é imputada e que ficou demonstrada, segundo as investigações. Por conseguinte, Chico Nova Olinda fora recolhido á cadeia pública de Juazeiro do Norte, onde está à disposição da Justiça!






Fonte: caririceara.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião