Arquivo do blog

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Beatificação da menina Benigna fica fora da agenda do Governador Camilo com o Papa Francisco




“O senhor é um homem que nos inspira a olhar pelos pobres”, disse o governador Camilo Santana ao papa Francisco, durante encontro nesta quarta-feira (22), no Vaticano. Na ocasião, o chefe do executivo cearense, que estava acompanhado da primeira-dama Onélia Santana, pediu bênçãos para o Estado do Ceará e entregou as imagens de Cristo e do padre Cícero ao papa.

“Foi um momento muito importante e de muita emoção. Disse ao papa Francisco que éramos muito gratos pela reconciliação de padre Cícero com a Igreja, que só aconteceu graças a ele. O papa, inclusive, disse que está estudando a beatificação do padre de forma muito positiva”, afirmou o governador. O embaixador do Brasil no Vaticano, Luiz Felipe Mendonça, também participou do encontro.

Camilo Santana aproveitou o momento para mostrar a bandeira do Ceará ao papa, que abençoou e autografou o símbolo do Estado. “Pedimos muita luz para que o nosso Ceará pudesse enfrentar o momento de dificuldade diante de seis anos de seca, e para que a gente tenha cada vez mais forças para trabalhar e dar mais oportunidade aos pobres. Fiz questão de dizer ao papa Francisco que ele é uma inspiração, exemplo de humildade e de como cuidar dos mais necessitados”, citou o governador.

No entanto, o governador não disse um só palavra em relação ao processo de beatificação da menina Benigna, declarada pelo próprio Papa Francisco como "Serva de Deus". Também não foi entregue ao Papa nenhuma imagem da heroína da castidade, nem o livro que conta a história mártir santanense, cujos objetos foram entregues ao governador Camilo Santana pelas mãos da prefeita de Santana do Cariri, Daniele Machado, para que fossem entregues ao papa assim como foi feita a entrega da imagem do Padre Cícero. 

O silencio do governador em relação a menina Benigna no encontro com o Papa soou como uma desfeita e ou falta de compromisso com a beatificação daquela pode vir a ser a primeira Santa do Brasil.

Não obtivemos respostas nos contatos com a prefeita de Santana do Cariri nem da assessoria do governador. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião