Arquivo do blog

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

[Assaré] Secult lança plataforma Cordel OnLine que reúne todas as edições do Projeto Cordel na Feira de Assaré


A Secretaria de Cultura, Turismo, Desporto e Lazer de Assaré está lançando em seu blog site mais uma importante ferramenta cultural e de incentivo a literatura popular assareense e da nossa região, através de um link exclusivo “Cordel OnLine” que reúne todos os cordéis lançados pelo projeto Cordel na Feira  em parceria com o SESC Crato.

Desde o mês de maio do ano de 2017 na gestão do Secretário de Cultura Vavá Gois e equipe do núcleo de cultura diversos cordelistas foram contatados e posteriormente tiveram os seus cordéis lançados em praça pública com o total apoio da Prefeitura Municipal de Assaré, por meio da Secretaria de Culltura, Turismo, Desporto e Lazer em parceria com o SESC Crato. Boa parte dos cordéis são distribuídos no dia do evento  que acontece uma vez a cada mês, outra parte dos cordéis ficam no banco de cordéis da SECULT Assaré e a outra parte será disponibilizada para todas as escolas da rede pública municipal, estadual e também para escolas privadas, através do Projeto Kit Cultural, o qual será distribuído nas escolas, bibliotecas e projetos do nosso município.

Pensando no acesso dos amantes da nossa cultura e nos que amam a Literatura de Cordel a SECULT Assaré está lançando esta plataforma onde todos terão acesso aos cordéis que foram trabalhados no projeto e que, através do computador, notebook, tablet, celular e outros mecanismos tecnológicos os leitores apreciadores da Literatura de Cordel terão acesso a todos os trabalhos dos nossos cordelistas. Além da leitura online através da internet, leitores, professores e escolas de todo o nosso Brasil poderão ter acesso aos cordéis e poderão imprimir os cordéis, trabalhar em salas de aulas, projetos culturais e sociais e colecionar em seus arquivos.

Assim a Secretaria de Cultura de Assaré está de uma forma atualizada disponibilizando para todos o acesso a essa cultura de séculos que é o cordel. No Brasil a Literatura de Cordel é produção típica da região nordeste, principalmente nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Nesse tipo de Folhetim o que mais chama a atenção é a forma despretenciosa como é  composto, o mote, a linguagem, o som, as cores, sinestesias presentes numa linguagem popular, rica em detalhes ganham o gosto popular mundo a fora.

Os cordéis geralmente são comercializados em feiras públicas e acabam conquistando um número expressivo de leitores. Com isso ajudam na disseminação de hábitos de leitura e lutam contra o analfabetismo, outro ponto importante são os temas abordados, que vão desde recordações da infância, vida no campo, até as críticas sociais, questões políticas e textos de opiniões, elevando assim, a Literatura de Cordel ao estande de obras de teor didático e educativo, dos quais serão disponibilizados para todo o mundo através do “Cordel Online”. Essa ferramenta será muito importante na divulgação do nosso projeto “Cordel na Feira de Assaré” e na disseminação do trabalho dos nossos cordelistas, ressaltou Vavá Góis, Secretário de Cultura.

APRESENTAREMOS A SEGUIR OS TÍTULOS DOS CORDÉIS E AUTORES QUE DESDE MAIO DE 2017 TIVERAM SEUS TRABALHOS LANÇADOS NO PROJETO CORDEL NA FEIRA, NA PRAÇA DO MERCADO PÚBLICO E AGORA SERÃO DISPONIBILIZADOS NA INTERNET, ATRAVÉS DO BLOG SITE DA SECULT ASSARÉ, NA ABA “CORDEL ONLINE”.


Cordéis na sequência por autor.
O projeto teve início em maio de 2017.

1. Romão cabeça de ouro e as saudades de sinhá - Geraldo Gonçalves
2. Ciço de Vó e o Capeta - José Lopes
3. Ao meu avô - Daniel patativa
4. A mulher desmantelada e o corno conformado - Redne
5. Paixão na terceira idade - Rosinha
6. Cada um com sua mania - Bebê
7. Mãe África - Professor Luizão
8. Adelido e a novilha encantada - Mané do cego

Projeto no Ano de 2018. 
Pacote / mês março. 

1. A triste Partida - Patativa do Assaré ( relançamento )
2. Meu casamento com Ana Vicência - Maurício Gonçalves 
3. Homenagem ao Padre Agamenon -  Mané do cego
4. Valquíria - Professor Luizão
5. Tetê Matias, o melhor sanfoneiro do nordeste - Antônio Rafael
6. Um café com sabor de Poesia - Toinha do Carmo

Continuação em 2018.

1. A peleja de seu Quelé com o Doutor - Sebastião dos correios
2. Cordel Biográfico de Caninana do Forró - Jesus leite
3. Ao mestre Espedito Seleiro - Daniel patativa
4. Assombração no Memorial - João Carlos

Fonte: site da Secult

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião