Arquivo do blog

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

[Santana Do Cariri] Vereadora é eleita por unanimidade para a presidência da câmara e gera especulações sobre a sua posição política, mas ela garante que não existe incerteza


A vereadora Luciene Soares do Partido Democrático Trabalhista (PDT) foi eleita por unanimidade dos 11 vereadores que compõem a Câmara Municipal de Santana do Cariri para a presidência do poder legislativo durante o biênio 2019-2020. A votação aconteceu na noite desta quinta-feira (6) por determinação da justiça depois que a votação ocorida em 1° de novembro passados foi cancelada por medida judicial. Apesar de compor chapa com um dos principais expoentes do bloco de oposição na casa o vereador João Cabral do Partido dos Trabalhadores (PT) como o vice-presidente e com o vereador Lucas Matias do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) como o secretário, a pedetista recebeu os votos também dos vereadores da ala situacionista. 

O resultado da eleição só foi possível porque “de última hora” o único candidato registrado para concorrer com a vereadora do PDT o vereador Arclébio Dias, do mesmo partido, mas declaradamente de frente parlamentar diferente, sendo ele declarado de situação e ela de oposição, resolveu abrir mão da sua própria candidatura a presidência deixando o caminho para a eleição unanime. E foi o que aconteceu. 


Polêmica

Após a eleição que a tornou vitoriosa juntamente com a sua chapa surgiram duas versões para a posição político-partidária da presidente eleita. De um lado, o vereador João Cabral (PT) que é o vice-presidente eleito diz em um áudio que circula nas redes sociais que a nova presidente do parlamento santanense integra a bancada de oposição ao prefeito Pedro Henrique enquanto, por outro lado, o vereador Arclébio Dias, afirmou ao blog ranilsonsilva.com que a sua renúncia fez parte de um acordo que asseguraria a permanência da vereadora Luciene Soares, atual presidente eleita, no grupo de situação, portanto, no arco de alianças do prefeito de Santana do Cariri.


Vereadora diz que não existe incerteza 

Para tentar dirimir qualquer dúvida causada por estas conjecturas o blog entrou em contato com a vereadora presidente por meio da sua rede social no WhatsApp e perguntamos: 

Como você se define [Oposiçaõ] ou [Situação] diante desse quadro de incertezas da parte dos seus colegas vereadores?

Em resposta, a vereadora emitiu o seguinte comunicado 


Nota

“Não existe incerteza da minha parte. Esse tumulto vai passar. Serei a favor da coerência em qualquer ocasião. Se você acompanhou os últimos fatos e a eleição de hoje, viu que fui surpreendida mais uma vez. Apesar de muitos não saberem o que é política, torço muito e peço a Deus que o mais sensato seja olhar sempre para quem espera de nós, políticos fazermos praticar o que for certo para a população. Estou tranquila, pois, não ando fazendo acordo nenhum, a não ser, comigo mesma, pedindo a Deus serenidade para fazer o meu trabalho”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, a sua opinião