[Nova Olinda] Há 3 anos Ronaldo Sampaio era afastado do cargo pela justiça

RANILSON SILVA | 08:35 |



O então prefeito de Nova Olinda, Francisco Ronaldo Sampaio, foi afastado do cargo pela justiça há exatamente 3 anos. No dia 10 de maio de 2016 a justiça determinou o seu afastamento, pelo prazo de 120 dias, por suspeita de contratação de funcionário "fantasma". A decisão, pronunciada na terça-feira (10), foi motivada por uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

Na decisão o juiz da Comarca de Nova Olinda, Herick Bezerra Tavares, reconheceu a existência de indícios da prática de atos de improbidade administrativa na gestão do prefeito Ronaldo Sampaio.

Começava ali as idas e vindas ao cargo que acabou com a trágica morte do prefeito Ronaldo Sampaio. 

Veja a trajetória do caso Ronaldo


Ano: 2016


Sexta-feira, 10 de Maio  

Decisão do juiz de Nova Olinda afasta Ronaldo Sampaio do cargo

Sexta-feira, 17 de Junho 

Decisão monocrática da presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE), a desembargadora Iracema do Vale determinou o retorno de Ronaldo Sampaio ao cargo

Segunda-feira, 20 de Junho 

Por sete votos a dois, os vereadores da cidade resolveram que o prefeito seria afastado novamente por mais 120 dias

Sexta-feira, 22 de julho 

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar determinando a suspensão do afastamento de Ronaldo Sampaio.

Quarta-feira, 27 de Julho 

O prefeito foi encontrado morto em um matagal no limite com a cidade de Crato, na Floresta Nacional do Araripe. De acordo com a Polícia Civil, o gestor foi achado enforcado em uma árvore na comunidade do Sítio Zabelê.


Suicídio ou Assassinato?

O caso chegou a ser tratado como suspeita de homicídio mas acabou prevalecendo a tese de suicídio.

Em:: , , , , , , , , , , , , ,

Seguidores