AvanCE: Governo do Ceará divulga 2 mil estudantes selecionados no próximo dia 27

Ranilson Silva | 17:09 |


No próximo dia 27 de agosto, o Governo do Ceará anunciará a lista de selecionados para o Programa AvanCE- Bolsa Universitário. Serão ao todo 2 mil alunos de escola pública escolhidos para receber bolsa de meio salário mínimo como auxílio no início de curso no Ensino Superior. A informação foi divulgada pelo governador Camilo Santana nesta terça-feira (6), durante bate-papo ao vivo com a população por meio de suas redes sociais (Facebook e Instagram).

“O Ceará criou esta bolsa para alunos da escola pública de baixa renda que ingressam na universidade, muitas vezes fora das suas cidades de origem e enfrentando uma série de problemas para se manter. A bolsa é de meio salário mínimo para incentivar o aluno a dar continuidade aos seus estudos, garantindo um futuro melhor e que ele se capacite para o mercado de trabalho. Este é um programa pioneiro no Brasil, já é replicado por outros estados, como Pernambuco. Para 2019, nós dobramos as vagas ofertadas de mil para 2 mil”, explicou o chefe do Executivo. O AvanCE foi lançado em 2017 pelo governador Camilo Santana.

A seleção para o AvanCE de 2019 teve início no mês de março deste ano, com investimento de R$ 12 milhões. Os concorrentes devem ter ingressado em curso de graduação em Instituição de Ensino Superior (IES), credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), no ano de 2018 ou 2019. Também foi exigido a cada candidato cursar, no mínimo, 12 créditos de disciplinas do atual semestre letivo e ter frequência de, no mínimo, 75% em cada disciplina cursada. O candidato precisa ter média geral igual ou superior a 560 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), sendo válidas a edição de 2017 ou 2018. Para concorrer, o aluno também deve estar com o cadastro devidamente atualizado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).
Estradas
No bate-papo desta semana, o governador voltou a prestar contas sobre os avanços do Programa Emergencial de Recuperação das Rodovias, lançado no mês de julho com o objetivo de reparar os danos causados pelo período chuvoso nas estradas cearenses. Com investimento superior a R$ 219,4 milhões para reforma de 59 trechos (1.731,9 km), a ação do Governo do Ceará também traz oportunidade a milhares de trabalhadores: as obras em curso já geraram 9 mil empregos para a população cearense.

“Estamos com 15 dias de trabalho e mais de 500 km em recuperação. São 59 trechos no planejamento, e todos serão entregues até o final do ano. Tem trecho quase finalizado, como a CE de Missão Velha até Abaiara. E não é só tapa-buraco, é deixar a estrada nova para a população. Esta semana serão iniciados novos trechos, como os de Iracema-Ererê e Iguatu-Quixelô. Para isso, é preciso mão de obra, e por isso esse programa de recuperação também tem gerado empregos. São nove mil trabalhadores. Esse investimento garante infraestrutura e também gera oportunidades”, disse.
Perguntas e respostas
Ao longo da interação com os usuários das redes sociais, o governador respondeu a perguntas sobre ações do Estado em áreas prioritárias do Governo do Ceará, como Educação, Segurança Pública, Saúde e Infraestrutura.

O cearense José Alberto Bardavil perguntou como tem sido o planejamento traçado entre o Governo do Ceará e a Secretaria da Saúde (Sesa) para os próximos anos. Em resposta, Camilo afirmou que o Estado tem investido numa estratégia de modernização da Saúde. “O Ceará há anos tem investido muito em estrutura. Antes não tínhamos Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), hoje temos seis em funcionamento. Também foram construídas policlínicas, hospitais do Interior, os Centros de Especialidade Odontológica (CEOs), investimos na ampliação de unidades do SAMU, estamos formando toda uma rede”, contou o governador, que ainda informou que, na próxima segunda-feira (13), será apresentado um grande plano de reestruturação da rede pública estadual para dar as melhores condições de atendimento aos cearenses.

Felipe Diniz questionou se o Governo já estipulou a data para nomeação da Turma 2 do último concurso para Bombeiros Militares. “Só tratarei de concursos e de nomeações a partir de setembro. Temos tido muita responsabilidade com a questão fiscal do Estado. Estive há pouco reunido com outros governadores e todos estão em uma situação muito difícil. É importante acompanhar como vai a economia brasileira, para manter o controle e manter o Ceará como o estado mais bem equilibrado do país. Tenho feito nesses primeiros meses as avaliações com muita responsabilidade sobre as perspectivas econômicas para que não tenhamos nenhum prejuízo para a população cearense”, respondeu o governador.

Já Deusanir Gomes levantou preocupação sobre a possibilidade de cortes na Educação por parte da gestão estadual, o que prontamente Camilo Santana refutou. “Ao contrário, nós temos aumentado os investimentos em Saúde, Segurança e Educação, áreas prioritárias. Sou um dos poucos governadores do Brasil que deu todos os anos os reajustes do piso para professor. Fiz concurso público. Nós temos construído inúmeras escolas novas, modernas, climatizadas, escolas de primeiro mundo que não deixam a desejar em nenhuma escola particular, estamos ampliando as escolas em Tempo Integral e de Ensino Profissionalizante. Acreditamos que é através da Educação que conseguimos construir uma sociedade mais justa e menos desigual.”
Agenda
Nesta quarta-feira (7), Camilo participa em Camocim da entrega de Praça Mais Infância. próximaquinta-feira (8), o governador estará em Acopiara para entrega da implantação do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) no município. Na sexta-feira (9), Camilo segue para Mauriti inaugurar a areninha para os moradores da localidade. Em Nova Santa Cruz, distrito de Mauriti e divisa com a Paraíba, o governador assinará ordem de serviço para construção de estrada. Na próxima segunda-feira (13), em Fortaleza, o chefe do Executivo efetua a posse de 140 novos médicos que passaram por capacitação na Escola de Saúde Pública do Estado. Os profissionais integrarão o programa Médico da Família na Capital, criado em parceria com a Prefeitura de Fortaleza.

André Victor Rodrigues - Texto 
Marcos Studart - Foto

Em::

Seguidores