IV Seminário de Tanatologia e Educação reúne especialistas em Juazeiro do Norte

Ranilson Silva | 09:50 |

Sábado, 14 de setembro de 2019



Faculdade Estácio sedia no próximo dia 17, em Juazeiro do Norte, o IV Seminário de Tanatologia e Educação: Prevenção e Posvenção ao suicídio. Os interessados poderão realizar o credenciamento a partir das 7h30 e as atividades terão início às 8 horas, no auditório central da Unidade.

Organizado por meio de uma parceria entre o projeto de Extensão Laboratório de Tanatologia da Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro do Norte, a Secretaria de Educação do Município e a Coordenação do Programa Saúde na Escola (PSE), o seminário conta com uma temática pautada na tanatologia e educação além de abordar questões como a automutilação, suicídio, síndromes, saúde e qualidade de vida.

A apresentação inicial será realizada pela pedagoga Olga Arraes. A mesa de abertura contará com a temática ‘Da Infância ao adolescer: depressão, síndrome e prevenção do suicídio’, tendo como mediadora a secretária de Educação de Juazeiro do Norte, Maria Loureto de Lima. Nesta primeira etapa, as exposições e debates contarão com profissionais como médicos, psicólogos, psiquiatras e assistentes sociais.

Já a segunda mesa de debates apresenta o tema ‘A escola na prevenção e posvenção ao suicídio’, tendo como mediadora a pedagoga, professora Dra. Zuleide Fernandes e como debatedores psiquiatras, psicanalistas e acadêmicos de Enfermagem.

O encontro integra as ações do Projeto de Extensão da Estácio de Juazeiro do Norte, que engloba estudos relacionados à tanatologia e projetos que são direcionados nesse sentido, como campanhas que colaborem para o entendimento e prevenções relacionados aos casos extremos.

Segundo um dos coordenadores do trabalho, o Professor da Estácio, Djailson Ricardo Malheiro, esse é um assunto em pauta, principalmente com a campanha do Setembro Amarelo, que traz a temática de uma forma mais reflexiva e leva essa questão para espaços importantes como a escola, onde situações relacionadas a esses temas estão muitas vezes sendo vivenciadas. 

“É um momento em que podemos conhecer mais sobre essa realidade, além de refletir sobre a temática, que é extremamente séria, diante do contexto em que estamos vivendo atualmente”, comenta o professor.

Em:: , , , , , , , , , ,

Seguidores