[Nova Olinda] Comemorações pelo 7 de setembro chamam a atenção para a educação no trânsito

Ranilson Silva | 08:22 |

Segunda-feira, 9 de setembro de 2019


Fotos: Lucélia Araújo

A falta de educação no trânsito ainda causa muitos acidentes pelas vias do Brasil inteiro. Os dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde apontam que cerca de 1,35 milhão de pessoas morrem a cada ano em decorrência de acidentes no trânsito no país. Entre 20 e 50 milhões de pessoas sofrem lesões não fatais, muitas delas resultando em incapacidade total ou parcial. Nova Olinda tem uma incidência de 46,95% de taxa de mortes no trânsito para um grupo de 100 mil habitantes em 2013 o que corresponde a 7 óbitos no ano. 

Em grande parte desses casos as falhas humanas são responsáveis pelas perdas de vidas e poderiam ser evitadas se houvesse mais atenção, cooperação e cortesia.

É necessário um processo de conscientização, tanto de motoristas como de pedestres para evitar novas ocorrências e contribuir com um trânsito melhor para todos. Nesse sentido a prefeitura municipal através das suas instituições de ensino realizaram na primeira semana de setembro uma mobilização das escolas envolvendo os estudantes, professores, gestores e pais de alunos para promover a expansão da consciência da educação no trânsito. A forma utilizada pela secretaria municipal de educação por meio dos núcleos gestores foi uma comunicação direta com os estudantes com palestras, aulas temáticas e muita conversa entorno do eixo central que é a realidade local, regional e nacional e uma tomada de posição sobre o tema em busca de uma socialização das discussões feitas dentro das escolas.

O meio encontrado pelas escolas foi levar o assunto além dos seus próprios muros. Para tanto, o feriado do dia 7 de setembro foi declarado letivo e um verdadeiro “aulão” coletivo foi realizado em frente ao prédio da prefeitura com apresentações de danças, musicais, coreografias, literatura de cordel e peças de teatro, ao melhor estilo da juventude. 

Prefeito Ítalo Brito

Essa mobilização das escolas no dia 7 de setembro voltada para a educação no trânsito foi uma iniciativa do prefeito municipal, Ítalo Brito, com o sentido de 

“ampliar a consciência cidadã no tráfego de veículos e pedestres na cidade, melhorar a relação do povo com o Demutran e do Demutran com as pessoas, ter mais segurança, paz, evitar acidentes e salvar vidas” disse o prefeito. 

Para a secretária da educação, Márcia Teixeira, a prática de bons hábitos, pode preservar vidas, mudar a relação de confronto no trânsito para atitudes de compartilhamento, afinal, “o trânsito é feito de pessoas e máquinas, mas são as pessoas quem faz o trânsito acontecer, portanto, a conscientização é sim possível, estamos tratando de algo racional, não é racional é deixar a situação como está, precisamos fazer o que estiver ao nosso alcance para transformar essa realidade de desordem, violência e morte em nosso trânsito” alerta a secretária. 

“A transformação começa com a gente, com a responsabilidade de cada um, que busca conhecer as normas, as boas condutas, e também é capaz de assumir os deveres. Em muitos casos, trata-se mesmo de preservar vidas. Transito seguro e organizado é sinônimo de educação e de melhor qualidade de vida” afirma.

Tudo começou com caminhadas realizadas desde a sede de cada uma das unidades de ensino até a prefeitura aonde aconteceram as apresentações artísticas que abordam temas de trânsito e Departamento Municipal de Trânsito - Demutran.

Escola Reunidas Santo Expedito
A Escola Reunidas Santo Expedito, abordou o tema “ser consciente no trânsito e dar bons exemplos” por meio de duas paródias escritas pelos próprios alunos e que foram apresentadas em forma de coral.

Escola 15 de novembro
A Escola 15 de Novembro utilizou de técnicas teatrais e fez a simulação de um acidente de trânsito, bem como, a recitação de um poema sobre a violência no trânsito. 

Escola José Liberalino da Silva


A Escola José Liberalino da Silva apresentou peça de teatro com o tema “segurança no trânsito é compromisso com a vida”. 




Escola Ana Ferreira do Nascimento
A Escola Ana Ferreira trabalhou o tema “transitando pela vida, dirigindo pela paz” com uma coreografia e um cordel, destacando as regras de segurança no trânsito.



Escola Padre Cristiano Coelho

A Escola Padre Cristiano Coelho apresentou uma dança coreógrafa e trouxe como tema “todo mundo tem direito a vida, todo mundo tem direito igual”.


Escola Avelino Feitosa

A Escola Avelino Feitosa apresentou uma coreografia para causar uma reflexão aos espectadores com o tema “pare para refletir, mantenha a atenção para trafegar e siga com segurança transitando pela sua vida e a do próximo”.

Centro de Educação Infantil - CEI
O Centro de Educação Infantil - CEI Josefa Matos Cordeiro de Carvalho apresentou uma encenação de coreografia das músicas Semáforo Amigo e Banco Detrás tendo como tema “a importância do respeito às leis de trânsito e principalmente ao pedestre”.

Escola Alvim Alves
A Escola Alvim Alves trouxe para a avenida a temática do “Demutran, trânsito seguro”. A abordagem da escola teve como tema a importância do respeito às leis de trânsito e defendeu a importância do órgão municipal de trânsito.

Educação e segurança no trânsito

A importância da educação de trânsito é inquestionável diante da realidade caótica que os novo-olindenses enfrentam no dia a dia no trânsito em Nova Olinda. Dados divulgados pelo diretor do Demutran, Raimundo Nonato, aponta que é registrado um acidente por dia no município, tendo sido contabilizado pelo órgão 360 ocorrências dessa natureza entre maio de 2018 e maio de 2019. Os dados do ministério da saúde apontam para a alta incidência de mortes nesse tipo de acidente no município de Nova Olinda com registros de até 7 óbitos com dados de 2013. 

A cada ano tem aumentado os índices de acidentes e as mortes no trânsito de Nova Olinda. O departamento municipal de trânsito encarregado de organizar o tráfego de veículos e de pessoas não tem conseguido exito em sua principal função que é deixar o nosso trânsito mais seguro. A ideia do projeto de educação no trânsito encabeçada pelas escolas municipais é ajudar ao órgão municipal do trânsito naquilo que todos consideram essencial 

"a educação no trânsito" para gerar mais segurança e salvar vidas".   

Em:: , , , , ,

Seguidores