[Santana do Cariri] Moradores temem que casos de covid 19 podem ser maiores do que informados pela prefeitura

Ranilson Silva | 09:40 |

Sexta-feira, 8 de maio de 2020


Moradores contestam dados divulgados em Card da prefeitura


Com 15 casos notificados, município da Região Metropolitana do Cariri saiu esta semana da posição 0, sem nenhum caso confirmado para a 2ª, entre as cidades com mais casos no Cariri Oeste. Prefeitura diz que fez 40 testes rápidos,e 7 testes por SWAB


O município de Santana do Cariri (CE), região do Cariri Oeste, teve nesta quinta-feira (7) um record de casos confirmados para o novo coronavírus em um único dia num mesmo município na região do Cariri. Um dia após o prefeito da cidade, Pedro Henrique (MDB), ocupar sua rede social no instagram para comemorar que a cidade não tinha nenhum caso positivo para o novo coronavírus em pronunciamento na  terça-feira (5), na quarta-feira (6) PH usou a mesma rede social para comunicar o surgimento do primeiro caso confirmado da doença. Ontem, o Boletim da Prefeitura sobre o coronavírus informa a existência de 4 casos positivos, mas a população denunciou pelas redes sociais que a situação é ainda mais grave. 

O card eletrônico que você vê à cima, circula na internet com a assinatura da Secretaria da Saúde do município, mostra que a cidade tem 4 casos confirmados, no entanto, pessoas procuradas pela nossa reportagem em Santana do Cariri confirmam que somente em uma única família são 4 casos confirmados. 

Muitas destas pessoas dizem que já apresentam os sintomas há mais de 10 dias, apesar disso somente agora foram diagnosticados por testes rápidos feitos pela secretaria da saúde municipal, de 6 exames  realizados nesta quinta-feira, 4 foram positivos para covid-19. Os pacientes são: uma mulher idosa que se encontra acamada em casa e mais 3 filhos que dizem estar clinicamente saudáveis apesar de um deles relatar que já tiveram sintomas mais fortes nas semanas anteriores. 

Diante das informações desencontradas entre os dados oficiais e os relatos de moradores o temor dos habitantes do bairro Ihumas aonde moram as pessoas testadas positivos no dia de ontem é que outros contactantes possam estar doentes sem saber. Um morador da localidade informa que esta previsto para hoje a realização de novos testes em pessoas que tiveram contato direto com as pessoas contaminadas pelo novo coronavírus. 

Além destas pessoas um outro morador de Santana do Cariri diz que teve resultado de teste rápido como positivo para o covid-19, também nesta quinta-feira, elevando o número de casos possivelmente confirmados da doença no município.

Somados estes casos relatados pelas próprias pessoas hoje, com dados de ontem, a cidade de Santana do Cariri tem pelo menos 6 casos positivos e não 4 como os dados divulgados pela secretaria de saúde na noite passada.      

Na quarta-feira (5) o prefeito anunciou o surgimento do primeiro caso confirmado 

"Um senhor de 73 anos, morador da zona rural" informa o prefeito.
Apesar das notícias de ontem relatadas pelos próprios pacientes e do boletim oficial acrescentar outros 3 casos num único dia o prefeito não repetiu o seu pronunciamento como vinha fazendo anteriormente.

Nossa reportagem procurou a assessoria de comunicação para se pronunciar sobre a questão mas até o fechamento desta matéria não obtivemos respostas. Ligamos para um número divulgado pelo prefeito (99735727) em sua rede social como sendo da ouvidoria da prefeitura para dar informações e esclarecimentos sobre a covid-19 na cidade mas a operadora reporta que o número não existe, mesma mensagem acontece pelo número fixo divulgado no site da prefeitura (88 35451175). No site da prefeitura também não existe atualização de informação nesse sentido. 


Nesta quinta-feira (7), a prefeitura divulgou no site oficial a instalação de uma unidade de Apoio à Recuperação da Saúde de pacientes de Covid-19. 

"A Unidade montada no alojamento do Museu de Paleontologia da URCA será destinada aos pacientes de Covid-19, cujo o perfil clínico não apresente necessidade de internação e, em que o ambiente domiciliar não esteja de acordo com o que preconiza os órgãos de saúde. O local servirá para que o paciente cumpra com comodidade e segurança o isolamento social.O trabalho será administrado pela equipe da secretaria de Saúde", informa. 

Em:: , ,

Seguidores