Arte e solidariedade: Mostra Sesc de Culturas digital arrecada doações para o programa Mesa Brasil

Ranilson Silva | 09:16 |

 4 de novembro de 2020



A Mostra Sesc de Culturas, que este ano acontece de 01 a 08 de novembro, vai aliar, mais uma vez, cultura e solidariedade. Isso porque o público poderá conferir mais de 70 ações, das mais diversas linguagens artísticas, tudo 100% online, e ainda contribuir doações para o Mesa Brasil, programa do Sesc que atua na perspectiva de segurança alimentar e nutricional. 

A iniciativa tem o objetivo de levar, por meio da arte, um pouco de conforto, saúde e nutrição para as pessoas que mais precisam. Dessa forma, os espectadores das lives que integram a programação da Mostra Sesc de Culturas poderão fazer doações, de forma online, nos valores de R$ 10, R$ 25, R$ 50, R$ 100 e R$ 200, que serão destinados integralmente ao Mesa Brasil. Essas doações serão realizadas por meio do QRcode, que estará disponível na própria tela do Youtube do Sesc Ceará. Os interessados também poderão fazer suas doações através do site https://mesabrasil.sesc-ce.com.br/ ou pelo Whatsapp (85) 99662-9158. 

Presente no Ceará desde 2001, o Mesa Brasil atende, só no Estado, mais de 450 instituições sociais, por meio de doações de alimentos e atividades educativas. São empresas, instituições e público em geral que contribuem para que o alimento chegue à mesa de quem mais precisa. Só nas edições da Mostra Sesc de Culturas de 2018 e 2019, foram arrecadados, aproximadamente, mais de 70 mil quilos de alimentos. 

Além disso, desde o início da pandemia do novo coronavírus no Ceará, o Mesa Brasil intensificou suas atividades e, entre os dias 01 de março e 30 de setembro, o programa doou mais de um milhão e meio de kg de alimentos, atendendo a mais de dois milhões de pessoas. Só no mês de setembro, o Programa doou mais de 290 mil kg de alimentos, conseguindo alcançar 495.574 pessoas, em 450 instituições e contando com 190 doadores. 

O Mesa Brasil também fez chegar a diversas instituições equipamentos de proteção e outros itens essenciais no combate a pandemia. Entre as ações promovidas pelo programa, foram realizadas parcerias com empresas, para a desinfecção de instituições beneficentes que cuidam de crianças e idosos. Outras ações também beneficiaram os profissionais da saúde, como a distribuição de lanches e a doação de calçados especiais em unidades de saúde e hospitais.

Programação de hoje (4/11)

Dia: 04/11

Horário: 17h

GRUPOS DA TRADIÇÃO: BAMBU OU TABOCA 


Também às 19h30, será a vez de uma roda de conversa com Mailson Furtado e Talles Azigon, mediada pelo professor e também escritor Bruno D’Almeida, sobre a escrita e os espaços, com destaque para cenários como o sertão e as periferias. Vencedor de dois Prêmios Jabuti em 2018, inclusive na categoria Livro do Ano, com a obra “À Cidade”, Mailson Furtado apresenta, por meio da poesia, uma visão de uma cidade do sertão, com destaque para aquelas banhadas ou mudadas indiretamente pelo caminhar do Rio Acaraú na Zona Norte do estado cearense.Thalles Azigon, por sua vez, é o autor de Saral I, em que a paisagem, o pensamento, a ética e a força das periferias formam versos que se impõe e afirmam que "vocês querendo ou não, isto é literatura".  

Em::

Seguidores