Ítalo Brito acompanha em São Paulo o ato de liberação da vacina contra a Covid-19

Ranilson Silva | 08:13 |

 Segunda-feira, 18 de janeiro de 2021


O prefeito de Nova Olinda/CE, Ítalo Brito, está em São Paulo aonde participa da liberação da vacina contra a Covid-19 para todo Brasil. Na manhã desta segunda-feira (18), o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello realiza um Ato Simbólico de Recebimento das Vacinas ao lado de diversos governadores entre eles Camilo Santana do Ceará.

Um primeiro lote com 218 mil doses da vacina CoronaVac vai ser embarcado em SP ainda nesta manhã e está previsto para chegar ao Ceará até o fim da tarde desta segunda-feira (18). O lote começa a ser distribuído aos municípios no mesmo dia. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou, na noite deste domingo (17), que o plano é que a vacinação se inicie nas cidades simultaneamente na manhã da quarta-feira (20). 

O prefeito Ítalo Brito que acompanha de perto o embarque das vacinas informa que o município de Nova Olinda está pronto para iniciar a vacinação contando com um plano municipal que está de acordo com o plano estadual. 

“O município de Nova Olinda possui 08 salas de vacinas, devidamente estruturadas, com profissionais qualificados e atuantes, preparados para executar as ações de vacinação que integram o Programa Nacional de Imunização" conta. 

Com as doses do primeiro lote, serão vacinadas 109 mil pessoas em todo o estado do Ceará, assegurando que este mesmo grupo receba a aplicação da segunda dose do mesmo tipo de vacina, garantindo assim maior eficácia, segundo a Sesa. Importante ressaltar que o imunizante não deve ser aplicado em gestantes. 

O plano de operacionalização da vacina no município de Nova Olinda prevê a realização em 4 fases. Nessa 1ª fase todos os trabalhadores da saúde pública e privada nos diferentes níveis de complexidade; idosos a partir de 75 anos de idade fazem parte do grupo prioritário.

Na segunda etapa serão beneficiadas pessoas de 60 a 74 anos. Já a terceira imuniza pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença, como portadores de doenças renais crônicas, cardiovasculares, entre outras. Professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade integram a última fase do plano.

Até o momento, Nova Olinda notificou 950 casos. Entre eles, 485 foram descartados, 447 foram confirmados e 18 estão suspeitos para covid-19. O município registrou sete mortes da doença. Todos os resultados foram analisados através de laboratório. 

Em:: ,

Seguidores