Nova Olinda tem plano de vacinação com meta de cobertura de 95%; Ceará promete distribuir agulhas e seringas na terça (19); Brasil quer iniciar vacinação na quarta (20)

Ranilson Silva | 10:01 |

 Sábado, 16 de janeiro de 2021




A entrega de 1,3 milhão de agulhas e seringas para a vacinação contra a Covid-19 ocorrerá simultaneamente nas 184 cidades cearenses a partir da próxima terça-feira (19). As informações são do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems-CE). Na última quarta-feira (14), a entidade se reuniu com a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) para o planejamento da distribuição. 

O material será abastecido por meio das Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS), a depender das metas de cada município. A quantia destinada para cada região, no entanto, não foi divulgada. 

“Quanto à estratégia de vacinação, esperamos, conforme comunicado pelo Ministério da Saúde, a chegada da vacina Oxford/Astrazeneca no próximo dia 20, e a entrega imediata aos estados, sem definição ainda de quantitativos e percentuais nesse primeiro momento”, disse em nota. 

Em dezembro último, o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, já havia comunicado um estoque estadual de 7,7 milhões de seringas e agulhas para a realização da campanha. Procurada, a Sesa disse somente que os detalhes sobre o calendário de imunização e distribuição serão anunciados pelo governador Camilo Santana (PT). 

No Brasil, a vacinação deve iniciar no próximo dia 20, segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Em Nova Olinda, o prefeito Ítalo Brito (Progressistas) anunciou um plano de operacionalização para a vacinação obedecendo critérios de prioridades por grupos mais vulneráveis ao covid-19. 

"O município de Nova Olinda possui 08 salas de vacinas, devidamente estruturadas, com profissionais qualificados e atuantes, preparados para executar as ações de vacinação que integram o Programa Nacional de Imunização", lembra o prefeito.

Pelo plano o município de Nova Olinda seguirá a definição dos grupos prioritários da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, que foi baseada em critérios epidemiológicos, características da vacina e identificação da população com maior risco de contrair a doença e de apresentar complicações e óbito.

No dicumento a Secretaria Municipal de Saúde - SMS informa que Adotará a proposta prevista no Plano Operacional de Vacinação contra a Covid-19, divulgado pelo Estado do Ceará. 

"Onde preconiza a operacionalização da vacinação em quatro fases, obedecendo a critérios logísticos de recebimento e distribuição de doses", explica a SMS. 

1ª FASE - Todos os trabalhadores da saúde pública e privada nos diferentes niveis de complexidade; idosos a partir de 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência. 

2ª FASE - Pessoas de 60 a 74 anos. 

3ª FASE - Pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença (portadores de doenças renais crônicas, cardiovasculares, entre outras). 

4ª FASE - Professores, forças de segurança e salvamento, funcionáriosdo sistema prisional e população privada de liberdade. 

No município de Nova Olinda até o atual momento, foram notificados 950 casos, desses, 18 estão suspeitos para covid-19, 485 foram descartados, 447 foram confirmados, houve 07 óbitos no município. Todos os resultados foram analisados através de laboratório. 

Um dos objetivos do plano municipal de vacinação é 

"interromper a transmissibilidade endêmica do vírus, mediante a uma campanha de vacinação nos coortes dos grupos de risco e de idade, identificada como maior nível susceptível à covid no município", consta do plano.  

A meta do município de Nova Olinda,  em cada fase da vacinação é atingir a cobertura miníma de vacinar 95% dos grupos prioritários utilizando informações próprias e com base nos dados disponibilizados pelo IBGE em relação a estimativa da quantidade de pessoas, por grupos prioritários.   

 

Em:: , , , , ,

Seguidores