CPRAIO terá sede em Nova Olinda com abrangência em Altaneira e Santana do Cariri

Ranilson Silva | 10:53 |

 18 de maio de 2021


Deputado Estadual Marcos Sobreira (PDT)


A Assembleia legislativa do Estado do Ceará aprovou a implantação de um Batalhão de Policiamento do Raio para atender aos municípios de Nova Olinda, Altaneira e Santana do Cariri tendo como sede o município de Nova Olinda. Pelo Projeto de Indicação de autoria do Deputado Marcos Sobreira (PDT) o governo do Estado do Ceará está autorizado a criar um consórcio de segurança pública com os três municípios “para fins de implantação do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRAIO), nessa região”.

Para permitir a implantação do CPRAIO nesses municípios que tem populações menores do que 30 mil habitantes o que é exigido por lei foi necessário fazer mudanças na legislação estadual. Com isso os três municípios passam a compor uma população de 37.105 habitantes em consórcio ultrapassando o número mínimo exigido por lei para a implantação do pelotão especializado.

Os deputados aprovaram ainda a localização da sede do novo equipamento de segurança pública do estado. A localização estratégica entre os demais municípios foi determinante para a escolha de Nova Olinda para sediar o CPRAIO.

Conheça os 3 principais artigos do projeto de lei de indicação nº 343/2019 de autoria do deputado Marcos Sobreira:

Art. 1º - Fica criado o Consórcio de Segurança Pública dos municípios de Nova Olinda, Santana do Cariri e Altaneira para fins de implantação do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas – CPRAIO, nessa região.

Art. 2º - O Consórcio de Segurança Pública dos municípios de Nova Olinda, Santana do Cariri e Altaneira terá por sede o município de Nova Olinda.

Art. 3º - O Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas – CPRAIO, desenvolverá suas ações policiais ao longo dos municípios de Nova Olinda (11.819 habitantes), Santana do Cariri (17.700 habitantes) e Altaneira (7.586 habitantes) combatendo e reprimindo ações criminosas junto à população que soma, aproximadamente, 37.105 habitantes no território cearense.

Ao justificar a criação do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas – CPRAIO com sede no municipio de Nova Olinda o deputado marcos Sobreira a firma que a criação do consórcio toda a região dos municípios de Nova Olinda, Santana do Cariri e Altaneira 

"que juntos somam mais de 37.105 mil habitantes, auxiliará para a redução significativa dos indicadores de criminalidade e violência. Oferecendo assim segurança e conforto à população dos municípios" afirma.

O CPRaio representa uma iniciativa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) que visa tornar mais eficiente o combate ao crime, levando mais segurança à população. Inicialmente operando em Fortaleza, essas forças especiais da Polícia Militar do Ceará foram se expandindo para o Interior a partir de 2015, e hoje contam com 44 bases, instaladas em todas as cidades com mais de 50 mil habitantes.

O BPRaio possui doutrina própria para atuação no processo de policiamento motorizado com motocicletas – as equipes patrulham com três motocicletas e quatro policiais militares, ou com quatro motocicletas e cinco PMs. Cada integrante de equipe tem uma função específica, com atribuições que garantem vigor na forma de patrulhar e abordar. A motocicleta utilizada tem alta cilindrada, o que oferece maior ostensividade na atuação. Outra característica importante é a padronização de fardamento e equipamentos, armamento e treinamento, visando à uniformidade no padrão de atuação das equipes. Entre os policiais militares que compõem uma equipe, um deles faz a função de garupa, que porta uma arma longa, sendo o responsável pela segurança da equipe e pela primeira intervenção nas abordagens a pessoas em situação suspeita.

O efetivo total do CPRaio conta com 2.424 policiais militares, que utilizam uma frota de 1.364 motocicletas e 80 viaturas. Além disso, o trabalho nessas unidades dispõe do suporte do sistema de videomonitoramento, que conta com 3.304 câmeras de alta performance 24 horas em operação, formando uma grande rede estadual de vigilância eletrônica gerenciada pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), da SSPDS.

Agora o projeto segue para análise do governador Camilo Santana (PT). 

Em:: ,

Seguidores