Criminosos explodem agência bancária e metralham delegacia no Ceará

Ranilson Silva | 07:37 |

 28 de maio de 2021



Banco é destruído com explosão de criminosos em Amontada — Foto: TV Verdes Mares/Reprodução


Criminosos armados explodiram uma agência bancária e metralharam uma delegacia na cidade de Amontada, no interior do Ceará, na madrugada desta sexta-feira (28). A ação aconteceu por volta de 1h30. Um carro da Polícia Militar também foi atingido por disparos de arma de fogo.

Conforme a Delegacia Regional de Itapipoca, plantonista da região, desde a madrugada equipes das forças de segurança no município de Amontada apuram o caso. Os agentes realizam buscas para tentar localizar os suspeitos.

Segundo o tenente Rodrigues, da Polícia Militar, pelo menos 10 homens, em dois carros e motos, participaram da ação, que durou cerca de 15 minutos.

A polícia também não confirmou se os suspeitos conseguiram levar uma quantia do banco.

A agência do Banco do Brasil atacada fica localizada na Avenida Alípio dos Santos, em frente a Praça Coronel Antonio Belo, no Centro da cidade. Por conta da explosão, o interior da agência e parte de prédios vizinhos ficaram destruídos.

Durante a ação, os suspeitos atiraram contra a sede da Delegacia de Polícia Civil de Amontada para tentar intimidar os policiais.

De acordo com tenente Rodrigues, parte dos criminosos foi para a frente da delegacia e atirou contra o prédio. Enquanto isso, os outros suspeitos atacavam a agência.

Os tiros atingiram a parede do prédio, o portão e um carro da PM que estava estacionado em frente ao local. Os agentes que estavam na delegacia não ficaram feridos.

Na fuga, os suspeitos incendiaram um veículo e abandonaram em uma estrada que dá acesso ao município e a cidade de Itapipoca.

Grampos também foram colocados na pista para furar os pneus de veículos. O grupo fugiu sentido as cidades de Sobral e Miraíma.

Conforme o Sindicato dos Bancários do Ceará, essa é a primeira ação contra bancos com uso de explosivos em 2021. Em 2020, três agências bancárias foram explodidas por criminosos.

Ainda conforme o sindicato, em 2019 foram 11 agências e em 2018 esse número chegou a 29 bancos explodidos.

Em:: ,

Seguidores