Governador anuncia reabertura de escolas, areninhas e museus, mas não no Cariri

Ranilson Silva | 06:57 |

 12 de junho de 2021


Camilo e Cabeto durante a live

Em anúncio nas redes sociais na tarde desta sexta-feira (11), o governador Camilo Santana anunciou avanços na flexibilização do decreto de isolamento social no Ceará. Conforme anunciado, além do retorno presencial às aulas no ensino médio, foi liberado o funcionamento de museus, bibliotecas e cinemas, com limitações. No entanto, as medidas não são válidas para o Cariri, no qual devem ser mantidas ou ampliadas as restrições nos municípios desta região.

A partir de segunda-feira (14), passam valer estas medidas, vigentes apenas nas macrorregiões de Fortaleza, Sobral, Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe. As principais delas são:

Segmentos como templo religiosos e academias vão ter a capacidade de público ampliada;
 
  • Espaços esportivos, como as Areninhas, vão voltar a abrir;
  • Manter o toque de recolher das 23h às 5h;
  • Autorizada a abertura de bibliotecas, museus e cinemas;
  • Liberar aulas em todos os anos letivos do ensino médio.

O Cariri ainda não segue com as medidas de flexibilização, onde a situação da pandemia segue grave. Conforme o governador e o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, há queda no número de mortes e de casos da doença em todas as regiões, exceto no Cariri, no sul do estado. “Queda na ocupação de leitos de UTI e enfermaria. “No Cariri, a gente não enxerga a mesma realidade. Houve crescimento no uso de UTIs e de enfermaria”, afirmou Cabeto.

“No Cariri houve redução, mas ainda há valores de 45%, quase metade das pessoas que fazem Swab nasal (teste da doença) testam positivo. No Ceará, há uma estabilização em todas as regiões, mas não há uma redução sistemática, o que mostra que nós ainda devemos ser prudentes em relação ao controle social, medidas de isolamento, uso de máscara”, disse o secretário da Saúde.



Vacina


Camilo afirmou que deve reforçar ainda mais a situação da vacinação no Estado, dando celeridade na distribuição dos imunizantes recebidos nos próximos dias.

“Continuamos fazendo todo o esforço para levar a vacina para todos os cearenses, e da forma mais rápida possível. Somente com a vacinação em massa conseguiremos superar de vez essa pandemia. Juntos vamos superar esse momento difícil”, completa o governador.



Quanto a vacina russa, o governador disse já estar talhando para a chegada desta. “Vamos ter uma reunião com o fundo russo. Será mais uma vacina para acelerar o processo de imunização dos cearenses”, disse Camilo.

Em:: ,

Seguidores