Audiência pública debate suicídio entre a população idosa na Câmara dos Deputados

Ranilson Silva | 08:51 |

 29 de setembro de 2021

 

Foto/Divulgação

Para debater o suicídio entre a população idosa e a necessidade de políticas públicas de incentivo à conscientização e prevenção a esse fenômeno, a Câmara dos Deputados promove, por meio da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, amanhã (dia 30), às 10 horas, uma audiência pública para tratar sobre o tema.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), os idosos são o grupo populacional de maior risco para o suicídio. O autor da audiência pública na Câmara, o deputado federal Denis Bezerra (PSB-CE), alerta que este debate recebe pouca atenção das autoridades competentes e é muito negligenciado.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, divulgados em 2018, apontam para a alta taxa de suicídio entre idosos com mais de 70 anos. Nessa faixa etária, foi registrada a taxa média de 8,9 mortes por 100 mil entre 2011 e 2016. A taxa média nacional é 5,5 por 100 mil.

“A pirâmide etária vem mudando ao longo dos anos e o Brasil se prepara para uma inversão populacional, quando teremos mais idosos que jovens no futuro. A projeção do IBGE mostra que em 40 anos a população idosa vai triplicar, passando de 19,6 milhões, em 2010, para 66,5 milhões de pessoas em 2050, exigindo do País novas políticas sociais e ações de combate às desigualdades sociais e de saúde que impactam diretamente essa população” destaca o parlamentar.

Para participar da audiência serão convidados o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o secretário nacional do Idoso, Antônio Costa, além de representantes da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP); do Centro de Valorização da Vida (CVV) e da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG).

Em:: , ,

Seguidores